Gestor da FEBRACT apresenta Tese de Doutorado na 17ª Conferência Europeia de CTs em Grécia

No dia 20 de setembro de 2019, o Gestor Geral da FEBRACT, Psicólogo Pablo Kurlander, apresentou sua Tese de Doutorado na 17ª Conferência Europeia de Comunidades Terapêuticas, promovida pela Federação Europeia de CTs – EFTC, e realizada no Concert Hall, Tessalônica, Grécia.
A Tese se intitula fatores associados à recidiva e abandono do tratamento de dependentes químicos: um estudo longitudinal em duas Comunidades Terapêuticas, e é o primeiro estudo de eficácia do trabalho das CTs de toda América Latina.

O evento, de altíssimo nível, contou com a presença de personalidades como Dr. George De Leon e o Dr. Gilberto Gerra, Diretor do Escritório de Prevenção às Drogas e Saúde da UNODC, além dos membros da WFTC e das Federações da Europa, Proyecto Hombre da Espanha, Projetto Uomo da Itália, Corpo Editorial do International Journal of Therapeutic Communities, entre outros.

Esta Conferência contou com a participação de mais de 500 pessoas do mundo todo, especialistas, técnicos e operadores de CTs e da rede, o que engrandeceu ainda mais o magnífico evento.
Mais de 50 pesquisadores de CTs apresentaram seus trabalhos nas oficinas paralelas, numa experiência ímpar de compartilhamento de conhecimento e experiência.

Os principais temas abordados foram a importância da conceituação da CT como método, não como lugar, o foco na capacitação das equipes das CTs, a participação ativa e permanente de profissionais principalmente das áreas de saúde e humanas no dia-a-dia da CT, a adaptação da CT aos novos desafios das novas drogas e novas populações, o tratamento das comorbidades e dos adolescentes em Comunidades Terapêuticas, a abordagem ao trauma como fator associado à dependência química, entre outros.

As experiências de CTs do mundo que enfrentam realidades muito diferentes das brasileiras, como os opiáceos (heroína), atenção a refugiados e imigrantes, atenção em países em que o uso de drogas pode levar à pena de morte, nos mostram o quanto o método da CT pode ser versátil se adequadamente desenvolvido.

FEBRACT ALÉM FRONTEIRAS!

Veja fotos: